PORT | ENG


Fórum da Liberdade

fl3

O evento é promovido desde 1988 pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE) e, em 2013, foi reconhecido pela Revista Forbes como o maior espaço de debate político, econômico e social da América Latina.

O Fórum da Liberdade proporciona debates entre grandes palestrantes e fomenta alternativas objetivas e viáveis para equacionar os problemas do Brasil e da América Latina. Em consequência disso, como resultado da qualidade e riqueza dos temas, dos debates, dos palestrantes e do evento em si, o Fórum da Liberdade ganha a cada ano maciça cobertura da mídia nacional.

Na semana de realização, reúne um público médio de 5.000 pessoas. É acompanhando por mais de 39 mil fãs no Facebook e os vídeos do YouTube têm mais de 400.000 visualizações. Em 2018, a transmissão ao vivo atingiu mais de 625 mil views no mês de realização do evento. Estiveram inscritos cerca de 29 escolas da região metropolitana de Porto Alegre (destas, 350 alunos com turno dedicado às palestras) e 48 instituições de ensino superior do Brasil.

Dessa forma, o Fórum vem contribuindo para o desenvolvimento sustentável do País, para o fortalecimento das instituições democráticas, buscando assim melhorar a vida dos brasileiros.

O evento tem por objetivo analisar questões sociais, políticas e econômicas através do amplo debate de opiniões bem como da proposição de caminhos alternativos em direção a uma sociedade mais livre e próspera. Assim, forjado na crença de uma nação plural e livre, o Fórum da Liberdade é uma iniciativa que fomenta a cultura e a educação em nosso país.

Ao longo de suas edições, o Fórum já reuniu mais de 350 palestrantes, sendo 105 deles estrangeiros, cinco ganhadores do Prêmio Nobel (James Buchanan, Gary Becker, James Heckman, Douglas North e Mario Vargas Llosa), sete chefes de Estado, 53 lideranças políticas nacionais e internacionais e 16 ministros de Estado, além de lideranças empresariais, acadêmicos e estudiosos.

Reconhecimento

Em 2017 o IEE foi reconhecido com o Juan Carlos Cachanosky Award for Dissemination of Free Society Principles. O prêmio, conferido pela Atlas Network, legitimou o Fórum da Liberdade por sua ampla divulgação dos princípios da sociedade livre. No mesmo ano, o IEE também foi finalista do Templeton Freedom Award pelo projeto do FL.

Já em 2013, foi indicado pela revista Forbes como o think tank que realiza o maior evento de discussão de ideias da América Latina: o Fórum da Liberdade.

Foi classificado, também, como uma das 150 organizações que mais influenciam transformações políticas, sociais e econômicas do mundo no ranking 2013 do Global Go to Think Tanks, organizado pela Universidade da Pensilvânia.

Em 2007 a Atlas Network, entidade que busca fortalecer e investir no movimento de liberdade mundial, premiou o IEE com o Templeton Freedom Award Grant, reconhecendo o Instituto como uma das mais promissoras instituições globais em defesa da liberdade.