PORT | ENG


Setembro 2014 – Exercendo a Democracia

Mauro Zaffari

Mauro Zaffari, Advogado e Diretor do Fórum da Liberdade do IEE

Nos aproximamos de mais uma eleição e, em outubro, vamos exercer nosso direito ao voto. Será que essa é a correta interpretação do modelo da democracia brasileira?

Na verdade, o voto no Brasil não é um direito, mas um dever, o que muda completamente a frase acima e a dinâmica das eleições. Nos Estados Unidos, por exemplo, o cidadão tem realmente o direito de…

Leia mais 

Paulo Afonso Feijó

Convidado Especial
Excedendo a democracia

Paulo Afonso G. Feijó, Administrador, Empresário e Associado Honorário do IEE

A democracia, governo do povo ou na qual o povo tem o poder supremo e o exerce diretamente ou por meio de representantes eleitos no âmbito de um sistema eleitoral livre, costuma ser um regime inatacável. Winston Churchill chegou a dizer que “A democracia…

Leia mais


Eduardo Davoglio

O exercício da democracia como pressuposto da liberdade

Eduardo Davoglio de Souza, Advogado e Associado do IEE

Em Atenas, por volta de quinhentos anos antes da era cristã, surgiu a democracia. Nesse período o povo se autogovernava, pois a Constituição ateniense previa como órgão máximo a assembleia popular, da qual deveriam participar todos os cidadãos locais¹, podendo cada um deles usar da palavra e formular propostas, inclusive leis. As decisões eram adotadas pela maioria de votos dos presentes….

Leia mais


Giovana Stefani

O voto na defesa da democracia

Giovana Stefani, Empresária e Associada do IEE

A Constituição Federal brasileira impõe a obrigatoriedade do voto desde 1932. Oito décadas se passaram e mais de 80% da população brasileira vive nas cidades, com acesso à informação, em uma situação político-econômica muito diferente daquela época. O crescente absenteísmo dos eleitores, apesar das sanções impostas pelo Estado, e o aumento dos votos brancos e nulos são mais indícios de que o nosso processo político-eleitoral é ultrapassado…

Leia mais


Renan Germano

Votando por mais liberdade!

Renan Germano, Administrador de empresas e Associado do IEE

O voto obrigatório tornou-se um grande símbolo do sucesso da democracia. A cada eleição, o cidadão é convencido de que essa simples ação pode influenciar o rumo político de uma nação, assim como garantir cada vez mais direitos e justiça para a sociedade civil. No entanto, o que se pode perceber é que, em longo prazo, a democracia limita muito as liberdades individuais, aumentando sistematicamente o poder do Estado…

Leia mais 


Rodrigo Chanin

Por que votamos?

Rodrigo Matone Chanin, Administrador, Empresário e Associado do IEE

Desde a primeira Constituição da República brasileira, em 1824, foi instituído que o voto seria obrigatório, um dever do cidadão. O art. 91 tratava do tema: “Têm voto nestas Eleições primarias: I. Os Cidadãos Brazileiros, que estão no gozo de seus direitos políticos. II. Os Estrangeiros naturalizados.”…

Leia mais 


Thobias-Zamboni

A mitologia grega e a democracia coercitiva

Thobias Zamboni, Economista da escola austríaca e Associado do IEE

Na mitologia grega, Procusto era um homem alto, com mais de dois metros de altura, um bandido que vivia na serra de Eleusina, hoje subúrbio de Atenas, na Grécia. Ele era dono de uma propriedade e tinha um tipo peculiar de hospitalidade: com um jantar generoso, seduzia os viajantes e convidava-os para pernoitar em uma cama muito especial, a qual ele queria que atendesse com perfeição ao tamanho do hóspede…

Leia mais


“As opiniões publicadas nos artigos do Fórum da Liberdade Insights são de responsabilidade de cada articulista e não refletem, necessariamente, a posição do Fórum da Liberdade ou do Instituto de Estudos Empresariais”